domingo, 30 de novembro de 2008

A procura

Procuro um tempo em que possa escrever sobre o que me vai na alma...procuro e não encontro! Procuro uma inspiração, algo que me faça desejar escrever, algo que me faça sonhar, algo que me faça viver...procuro e não encontro!
Procurei por toda a parte algo que me preencha, algo que me faça amar, algo que me faça desejar algo como nunca desejei nada...julguei ter encontrado, para depois me aperceber que afinal não...tinha procurado mas não tinha encontrado!!!
E assim continuo eu à procura de algo, que não sei o que é, nesta incessante busca do desconhecido...procuro, procuro e espero um dia encontrar!

4 comentários:

Sal Ober disse...

como é peculiar e dificil isso...
primeir regra da procura:
"Quem não sabe o que procura
Não vê o que encontra."

um beijoooooooooooooooo

DaiSantos disse...

minha cara... como os meus sentimentos se encaixam nos seus! e acredito piamente que é essa procura incessante o motor da nossa paixão, que nos impele a querer, mesmo sem ter... Cativas-me :)

sephen disse...

Já à algum tempo que não passava por aqui, toda a procura é recompensada com algo positivo, continua nessa tua procura.

apenasumolhar disse...

há sempre um tempo para a escrita.
principalmente quando necessitamos mesmo!
obrigada pelo comentário. é mesmo, só quem sabe o que sentimos, entende o que escrevemos, eu entendo sempre . :)
Até breve.